Padronagens de xadrez são tendência no outono/inverno 2018

Inegavelmente a estampa xadrez é uma das mais clássicas da moda, seja no guarda-roupa masculino ou feminino. Além disso, vai desde um programa casual a uma produção de trabalho.

A padronagem volta à moda neste outono/inverno com força total e em variações que permitem criar diversos estilos como grunge, rocker, cowboy e preeppy. O ponto alto é ser autêntico, misturando cores, como por exemplo, o amarelo e vermelho. Para os básicos, investir numa camisa é a melhor opção. Confira a seguir os tipos que podem fazer a sua cabeça;

Xadrez Tartan

Estampa-Tartan- sos stylist

É o padrão geométrico quadriculado de tradição, relacionado aos brasões de famílias da Escócia há séculos e atribuída às tribos celtas.

Também usado pelos highlanders, por volta de 1730, nas Kilt escocesas. Passou a ser adotado pelos punks em 1970, e ainda hoje norteia o universo rock and roll. Democrático e sem restrição de silhuetas, a cor mais tradicional aqui é o vermelho, mas tem aparecido em diversos tons e diversas cartelas.

Madras

tipo de xadrez madras

Tem o nome de uma cidade da Índia, que atualmente é denominado de Chennai. Também conhecido como anarruga, tem cores e desenhos exagerados. Foi enviado da Europa pelos ingleses, e antes só aparecia em em xales, saias e lenços. Hoje, além de estar sempre na moda, aparece em camisas esportivas, acessórios e em variadas cores como azul marinho, roxo e marrom.

Apesar de estar super em alta misturar a estampa, aqui você precisa ter um pouco de cautela para não ficar parecendo um tabuleiro. Como é super informal, não use   em ambientes mais sérios, sociais.

Príncipe de gales

xadrez-principe-de-gales

Foi bastante visto no street style na temporada de desfiles mundo a fora em blazer, calças de alfaiataria e conjuntos. Geralmente confeccionado em lã, é possível encontrar versões em malha de algodão e lona, sendo possível o uso em peças como agasalhos, camisetas, bonés, bolsas, mochilas e tênis, dando um ar retrô, mas moderno e charmoso aos objetos.

Assim como o Tartã, sua origem é escocesa e disseminado na Inglaterra pelo Príncipe de Gales – título atribuído ao filho mais velho ao Rei ou Rainha da Inglaterra, também recebe o nome de Glen Check. É mais presente na alfaiataria e transmite um ar sério e clássico.

Pied – de – poule

afa0323892ce4595b73d4b5466d14f2f

Não tão em alta na moda ultimamente, foi inicialmente destinado à roupa urbana, e é outra definição de clássico em se tratando de xadrez. Surgiu na França e traduzido quer dizer pé de galinha, por causa do entrelaçamento dos fios de trama com os de urdume.

Associada ao inverno e tecidos pesados, foi introduzida na moda feminina por Coco Chanel nos anos 20, depois levado à passarela por Christian Dior nos anos 1940 com seu New Look. Além de roupas, pode ser visto em acessórios e objetos de decoração.

Vichy

Xadrez Vichy sos stylist

Foi o Balneário francês que deu origem ao nome. Identificado como o desenho de toalha de mesa ou piquenique, surgiu nos anos 1950 e ficou famoso nos looks de Brigitte Bardot, que na época casou-se com Jacques Charrier usando um vestido vichy e foi fotografada com um biquíni nessa estampa. Mas foi o saudoso estilista Azzedine Alaia quem fez a estampa ganhar status fashion ao colocá-la em suas criações.

Xadrez Buffalo

Camisa-Xadrez-Buffalo sos stylist

É o famoso xadrez lenhador, ou simplesmente Buffalo Plaid. Teve origem no Tartã escocês conhecido como Rob Roy, assim nomeado por pertencer ao clã Rob Roy McGregor. Os quadrados grandes misturam preto e vermelho e é encontrado, geralmente, em camisas flaneladas. Passa uma ideia de masculinidade e de roupas casuais e rústicas, mas com informação de moda, nada te impede de produzir um look sofisticado.

Xadrez Argyle

Xadrez Argyle sos stylist

Conhecido por ser peça chave para uma produção esporte chic, sua história de tradicionalidade, com o passar do tempo, alcançou a casualidade. Faz parte da história dos clãs da Escócia, representando por Campbel de Argyll e é originário do Tartan.  Originalmente suas cores eram o verde e o branco, e quando chegou à Inglaterra, esses tons já haviam sido diversificados.Geralmente é tricotado, graças a uma técnica difícil de ser realizada  chamada intársia.

Confira mais inspirações de como combinar a estampa em diversas ocasiões:

Fonte: Folha de São Paulo, Canal Masculino, Alexandre Taleb, Pinterest

Anúncios
Publicado em Estilo, Tendências | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Solange Knowles e sua estética impactante

Ela é uma das personalidades mais interessantes do meio artístico e que tem uma estética invejável, cheia de atitude e referências de moda, sem fazer mão de nenhuma fórmula fashion. Dessas que não passa desapercebido de nenhuma forma.

A irmã de Beyoncé, Solange Knowles, me encanta com seu apurado guarda roupa e gosto invejável pela moda. Mostra que ama se vestir e está antenada em novidades. Ela seguro brilhantemente modelagens nada convencionais e deixa sua marca fashion por onde pisa, e isso para mim é ponto alto e fonte de inspiração certeira.

Bem resolvida em todos os sentidos, ela como figura forte da mídia não deixa de tratar questões políticas e raciais em seus trabalhos, que a propósito,  são brilhantes, assim como faz sua irmã Beyoncé, que de longe perde para a caçula em se tratando de moda, mas não faz feio quando o assunto é música e dança.

Por sua imagem impactante, ela sempre marca presença em desfiles nas semanas de moda internacionais, em capas e editoriais de revistas do mundo, e não à toa é chamada de it girl pelos entendedores da bilionária indústria fashion . Suas marcas registradas são o uso de peças que deixem suas pernas à mostra no palco, como saia, bermuda ou vestidos. Maquiagens ousadas, com olhos gráficos, em cores vibrantes e boca com batons na mesma vibe e com textura matte, onde transmite uma imagem descontraída e vanguardista.

Adoro seu poder de mudança nos cabelos crespos, ora com corte quadrado com menos volume no alto da cabeça, ora com fios lisos, como apareceu no baile do MET em 2013, opções para lá de modernas e que favorecem lindamente o seu rosto oval.

 

Fotos: Pinterest

Publicado em Inspiração | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Bandana garante produções estilosas e de atitude

A bandana é um acessório clássico e democrático. Pode ser usada tanto por homens quanto por mulheres e passear por vários estilos, como o rapper, o hip hop, o rocker, o hippie. E é possível usá-la de diversas maneiras se você forçar sua criatividade para montar produções estilosas e de atitude.

Eu tenho um pouco de aflição de lenço amarrado no pulso, mas também é uma proposta de visual. Confira inspirações com o acessório e coloque as produções em prática já!

Nota | Publicado em por | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Conjunto é uma combinação prática, mas não agrada a todos

Lisos ou estampados, os conjuntos parecem ter dominado as produções masculinas, podendo ir a qualquer ocasião dependendo da composição do look. Os tecidos também variam, fator que também agrega versatilidade à peça.

E as partes podem ser usadas separadamente, o que torna um excelente custo benefício para os adeptos. No Brasil a onda tem pegado devagar, existem até os que torcem o nariz, mas promete em breve arrancar suspiros dos mais resistentes a tendência.

Confira abaixo inspirações para usar essa combinação que não agrada a todos, mas que é prática e funcional.

Imagem | Publicado em por | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Moda rock´n roll tem muito estilo e versatilidade que perduram nos dias atuais

S.O.S Stylist Brasil

O rock se consagrou como estilo musical no final dos anos 40 início dos 50, com raízes no blues, coutry music e na cultura negra. Sendo um movimento de contracultura, influenciou estilo de vida, moda, atitude e linguagem dos jovens da época.

Elvis Presley foi responsável por fazer o som dançante rock´n roll dos anos 50. Mas de acordo com a Revista Superinteressante, antes de Elvis, Chuck Berry e Bill Halley já despontavam nas paradas. No final dos anos 1940 era sinônimo de “dançar” ou “fazer amor”.

Na moda os meninos abusavam de jaqueta de couro, camisetas branca, suspensório e topete.

Rock´n roll style Elvis Presley foi o responsável pelo rock dançante dos anos 1950.

Uma moda autêntica e para jovens foi a grande sensação da década de 60. Os Beatles também ditavam o que vestir com seus ternos bem cortados, cabelo arrumadinho e  letras românticas, psicodélicas e políticas.

O movimento Hippie surge…

Ver o post original 598 mais palavras

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário